A Idade das Trevas

A Idade das Trevas

 - A Escuridão Definida
Você está aqui: História >> A Idade das Trevas

A Idade das Trevas - Definindo a Escuridão
A Idade das Trevas, como um termo, tem sofrido muitas mudanças. A sua definição depende de quem a esteja definindo. Na verdade, os historiadores modernos não usam mais esse termo por causa da sua conotação negativa. Geralmente, a Idade das Trevas se refere ao período de tempo que iniciou-se com a queda do Império Romano do Ocidente. Isso aconteceu quando o último imperador do Ocidente, Rômulo Augusto, foi deposto por Odoacro, um bárbaro. Esse evento aconteceu em 476 dC.

Inicialmente, esta era recebeu o termo de "trevas" de espectadores posteriores. Isso foi devido às maneiras e práticas retrógradas que pareciam prevalecer durante este tempo. Os futuros historiadores utilizaram o termo "trevas" simplesmente para denotar o fato de que pouco se sabe sobre este período; houve uma escassez de história escrita. Descobertas recentes têm aparentemente alterado essa percepção já que muitos fatos novos sobre este tempo têm sido descobertos.

O estudioso italiano Francesco Petrarca, chamado de Petrarca, foi o primeiro a cunhar a expressão. Ele a usou para denunciar a literatura latina da época; outros expandiram essa idéia para expressar a frustração com a falta de literatura latina ou outras realizações culturais durante este tempo. O termo ‘Idade das Trevas’ não é mais amplamente utilizado, tendo sido substituído por ‘Alta Idade Média’ - o período logo após a queda de Roma no mundo ocidental. A Idade Média é vagamente considerada como o período entre 400-1000 dC.

A Idade das Trevas - O Estado da Igreja
A Idade Média foi um período de conflito religioso. Protestantes e católicos viam esta era de perspectivas opostas. Os protestantes enxergavam este tempo como um período de corrupção Católica; eles repudiavam os caminhos da Igreja Católica com a sua hierarquia e doutrinas papais. Os protestantes se esforçaram para recriar um Cristianismo puro, desprovido desse comportamento católico "escuro". Os católicos não viam esta época como sendo "escura”, mas como um período religioso, harmonioso e produtivo. A Idade das Trevas foi também os anos das vastas conquistas muçulmanas. Juntamente com outros nômades e guerreiros com cavalos e camelos, os muçulmanos atravessaram o império caído, causando estragos e semeando heresia intelectual e social em seu caminho. As conquistas muçulmanas prevaleceram até a época das Cruzadas. Este antigo conflito entre o Cristianismo e o Islamismo permanece até hoje.

A Idade das Trevas - Fé versus Iluminismo
A Idade das Trevas foi uma época conturbada. Invasores errantes a cavalo atacavam os campos. Surgiram conflitos religiosos. Os muçulmanos conquistaram terras. A escassez de boa literatura e realizações culturais marcou estes anos; práticas bárbaras prevaleceram.

Apesar dos conflitos religiosos, o período da Idade das Trevas foi visto como uma época de fé. Homens e mulheres buscavam a Deus. Alguns através dos mais sérios rituais da Igreja Católica, outros em formas protestantes de adoração. Os intelectuais veem qualquer classe de religião, por si mesma, como um tipo de "escuridão". Estes pensadores afirmam que os que seguiam crenças religiosas mentiam para si mesmos, criando uma falsa realidade. Estavam dominados pelas emoções, não pelos fatos. A religião era vista como contrária à racionalidade e razão, e essa mentalidade foi o que deu início ao Iluminismo – um afastamento da “escuridão”. A ciência e a razão ganharam ascendência, progredindo de forma constante durante e após a Reforma e o Iluminismo.

Em certa medida, o período da Idade das Trevas permanece escuro aos modernos espectadores. O tumulto da época, seus conflitos religiosos e difamação, assim como o discutível período de tempo, todos trabalham juntos para envolver o período com uma luz reduzida.

A ironia disso é que o nosso mundo do século 21 não é menos escuro. É uma escuridão individual, a qual se multiplica e cresce à medida em que aqueles que rejeitam a Deus caminham juntos e dominam a política, a educação e a sociedade. A nossa época é caracterizada por todos os avanços intelectuais e tecnológicos, mas as nossas morais só deram passos para trás. "Saiba disto: nos últimos dias sobrevirão tempos terríveis. Os homens serão egoístas, avarentos, presunçosos, arrogantes, blasfemos, desobedientes aos pais, ingratos, ímpios, sem amor pela família, irreconciliáveis, caluniadores, sem domínio próprio, cruéis, inimigos do bem, traidores, precipitados, soberbos, mais amantes dos prazeres do que amigos de Deus, tendo aparência de piedade, mas negando o seu poder. Afaste-se também destes" (2 Timóteo 3:1-5). Estas são as características da verdadeira escuridão.

Aprenda mais!


Gostou dessa informação? Ajude-nos ao compartilhar esse artigo com outras pessoas usando os botões dos sites sociais abaixo. O que é isso?




Siga-nos:




English  
Social Media
Siga-nos:

Compartilhar:


Assuntos populares

Fim dos Tempos
Preconceito Racial
História da Árvore de Natal
Antiga Babilônia
História da Ilha de Páscoa
Nova Ordem Mundial
Engenharia Genética Humana
Fatos sobre o Natal
Origem de Halloween
Conteúdo adicional ...

Deus existe cientificamente?
Deus existe filosoficamente?
A Bíblia é a verdade?
Quem é Deus?
Jesus é Deus?
Por que a fé cristã?
Como posso crescer com Deus?
Desafios da vida
Recuperação
 
 
 
Pesquisar
 
Add A Idade das Trevas to My Google!
Add A Idade das Trevas to My Yahoo!
XML Feed: A Idade das Trevas
História Página principal | Sobre nós | Perguntas Frequentes | Mapa do Site
Copyright © 2002 - 2014 AllAboutHistory.org, Todos os direitos reservados.